Anunciada a construção de duas novas escolas infantis

Sinara Dutra

A Prefeitura de Canoas anunciou a construção de mais duas novas Escolas de Educação Infantil (EMEI) na cidade, EMEI Niterói e EMEI Harmonia. O investimento, em esforço conjunto do município com o Governo Federal, é de R$ 4,9 milhões. Elas se somam à EMEI Mato Grande, que já está com as obras em execução. Juntas, as três novas escolas significarão, em 2019, um acréscimo de 976 vagas na rede pública.

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato (PTB), assinou a homologação da licitação para contratar as empresas que irão construir as novas instituições. Para a vice-prefeita, Gisele Uequed (Rede), este é mais um passo importante da gestão. “Desde o primeiro dia priorizamos a educação. Iniciamos com ampliações e melhorias nas escolas, uma otimização que nos permitiu uma grande e inédita conquista, zerar as filas da pré-escola, crianças de 4 e 5 anos. Agora passamos para a construção de novas escolas, o que vai possibilitar ainda mais vagas na Educação Infantil de Canoas”, destaca.

De acordo com o prefeito Luiz Carlos Busato, as novas escolas aproximam a administração municipal da meta de zerar a fila de espera por vagas na Educação Infantil. “Temos trabalhado forte para a redução do déficit em Educação Infantil. Essas duas novas escolas, que se somam à EMEI do Mato Grande, irão garantir novas realidades às comunidades beneficiadas”, diz. A futura Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) do bairro Harmonia será na Rua Rio dos Sinos, nas proximidades da EMEF Gonçalves Dias. Já a EMEI do Niterói será na Rua Itamar de Mattos Maia.

Redução do déficit

Uma das metas da gestão atual é ampliar o número de vagas, construindo novas escolas e reformando as já existentes. Uma Comissão de Educação Infantil foi instaurada, capitaneada pela vice-prefeita, para um trabalho de gestão, integrando os trabalhos de todas as secretarias, criando um novo modelo de inscrição com maior transparência e fiscalização e vistoriando escola por escola para otimizar os espaços. Em 18 meses, a administração conquistou um fato inédito na história de Canoas: Zerou a falta de vagas em pré-escola.