Associação Princesa Isabel pede ajuda da comunidade

SIMONE DUTRA*

A Associação de Mulheres Princesa Isabel, localizado no bairro Mathias Velho (Rua Paraíba, 228 – Canoas) desde 1988, pede ajuda da comunidade para a reconstrução de uma importante parte de sua sede, que se encontra parcialmente destruída.  A associação, que tem como lema o “resgate da cidadania”, é responsável pela reunião de cerca de 50 senhoras que dizem terem sido “salvas da solidão”.

A presidente Cledi Ana Zen contou à nossa equipe de reportagem que o contrato com a Prefeitura está defasado, não tendo reajuste desde 2012. “É com o dinheiro que nós mesmas buscamos com a confecção de nossos artefatos e de duas rifas anuais que conseguimos reunir um rancho para cada uma dessas mulheres”, relata Cledi.

Maria Marlene Ângelo Gomes, 76 anos, frequenta o local há 22 e diz: “Para mim, este lugar é tudo. Quando cheguei aqui, estava com depressão. Eu reitero o apelo da nossa presidente para que a população nos ajude”.

Os contatos para doações podem ser feitas na própria associação, ou pelos telefones: 991459921 (Cledi) e/ou 999181235 (Edi).

No dia 21 de abril, será realizada uma festa em comemoração ao aniversário de 30 anos de existência da Associação de Mulheres Princesa Isabel. A festa, que foi organizada contando com doações, será realizada na própria sede, e toda a comunidade está convidada a comparecer e conhecer as suas instalações.