Canoas decreta situação de emergência preventiva e suspende aulas

Prefeitura de Canoas. Foto: Bruno Lara/OT

A Prefeitura de Canoas decretou situação de emergência preventiva no Município por tempo indeterminado em decorrência da paralisação nacional dos caminhoneiros. Serviços essenciais seguem normalmente, como na saúde, serviços urbanos e segurança. Conforme a Sogal, concessionária no transporte coletivo urbano de Canoas, a circulação de ônibus será normal nesta segunda-feira. Se houver qualquer tipo de mudança na tabela horária a partir de terça-feira, a empresa fará um comunicado ainda na segunda-feira. Já as aulas na rede municipal (EMEIs e EMEFs) estão suspensas por tempo indeterminado.

Nesta segunda-feira, 28, a Prefeitura afirma que diretores estarão nas instituições de ensino para comunicar aos pais que, por ventura, não ficaram sabendo da determinação. Após as instituições ficarão fechadas.

Além de problemas para o abastecimento de insumos que compõe a alimentação escolar por parte dos fornecedores da Prefeitura, pesou também na decisão a dificuldade de locomoção de grande parte dos professores que moram em outras cidades.