Cidade registra 1705 roubos e furtos de veículos em 2017

O jornal Timoneiro relatou, em suas últimas edições, os números de homicídios em Canoas durante 2017, que ligam o alerta para a questão da segurança na cidade. Desta vez, outro número chama a atenção: durante o ano passado, ocorreram 1705 casos de roubos e furtos de veículos. Foram menos casos que em 2016, mas, segundo as próprias autoridades, o número ainda é alto.

Problema real

Mais do que números impessoais, as estatísticas revelam a realidade de medo enfrentada diariamente. No dia 12 de janeiro, o professor universitário Gustavo Becker comprovou isso pessoalmente. Em postagem publicada em rede social, Becker relatou o ocorrido: “Momento de agradecer a Deus por estar vivo, pois fui assaltado e fiquei sem carro, sem telefone, sem carteira, sem documentos e sem notebook. Estava saindo de Canoas, por volta das 18h50min. Tudo em fração de segundos, arma apontada pra mim”.

Secretário

Em contato a reportagem, o secretário de Segurança do município, Ranolfo Vieira Júnior, comemora a queda no número de crimes: “Na nossa ótica, é resultado de um trabalho integrado das forças de Segurança Pública. Com troca de informações e planejamento”. Mesmo assim, Ranolfo afirma que os números ainda são altos: “Não estamos satisfeitos com esses números ainda. Vamos lutar para reduzir ainda mais em 2018”.

Polícia Civil

A Polícia Civil também tem agido com relação ao problema. Na sexta-feira, 26 de janeiro, a Delegacia de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas de Canoas (Defrec), em ação de combate aos crimes patrimoniais, em cumprimento a mandado de prisão temporária, prendeu um homem identificado como autor de roubos de veículos ocorridos em Canoas.

Segundo o Delegado Thiago Bennemann Gonçalves, a equipe de policiais da Defrec, durante investigações acerca da atuação de um grupo criminoso armado atuando no município de Canoas e Região Metropolitana, identificou e efetuou a prisão de um de seus integrantes, sendo que outros dois comparsas foram presos no ano passado. O preso possui antecedentes policiais pela prática dos crimes de roubo de veículo e receptação.