Conheça a história da Serno Construções e Incorporações

Monique Mendes

Uma empresa genuinamente canoense, a Serno Construções e Incorporações iniciou as atividades em 1985 e construiu ao longo dos anos uma sólida carreira no ramo da construção civil. A empresa que já foi eleita duas vezes a Incorporadora do Ano, pelo Prêmio Associ, 2011 e 2013, promovido pela Associação dos Corretores de Imóveis e Imobiliárias de Canoas, é fruto de muito trabalho, insistência e empreendedorismo do proprietário Paulo Cesar Soares, 55 anos.

O empresário é natural da cidade de Tubarão, em Santa Catarina, cresceu em São Paulo e veio aos 25 anos para Canoas em busca de oportunidades de trabalho. “Cheguei em Canoas e me apaixonei pela cidade, soube desde o início que aqui iria ficar”, lembra.

Quando chegou sozinho em Canoas, Soares foi trabalhar como carroceiro em uma madeireira. Quatro meses depois, estava vendendo o cavalo e investindo no seu primeiro negócio na cidade: uma lancheria. “Como eu trabalhava sozinho, servia as refeições em forma de buffet para não precisar ficar montando os pratos feitos, mas tinha orgulho do que fazia”, comenta.

Devido ao bom fluxo de pessoas que circulavam pelo estabelecimento, muitas delas começaram a colocar os carros à venda na frente da lancheria. Com o passar do tempo, ele viu ali nesta oportunidade uma nova forma de empreender. Começou a comprar carros e vender. Foi assim que abriu a sua revenda de veículos que atuou até o ano de 2005.

Quando surgiu

Ao perceber que a construção civil era um mercado em potencial, Soares resolveu investir no ramo. Fechou a lancheria e em 2005 teve a difícil decisão de abrir mão da revenda também. Passou a dedicar seu tempo e energia apenas na Construtora e Incorporadora. A empresa iniciou os trabalhos fazendo obras no litoral gaúcho e também, com a empreiteira Bolognesi. Em 2005 encerrou as parcerias com outras empresas e passou a fazer os produtos próprios. Comprava a área de terras, construía e vendia.

Segundo Soares, foi um início bem difícil. O primeiro condomínio construído pela empresa foram 23 unidades, na Rua Coronel Vicente. Lembra que na época, apresentou o empreendimento para uma pessoa conhecida do ramo financeiro na cidade, e ela o desanimou dizendo que ele não conseguiria vender. Depois da conversa, ele imprimiu e distribuiu 200 mil panfletos divulgando o condomínio e em 20 dias vendeu todos. “A mesma pessoa que duvidou, me elogiou depois e até hoje lembra dessa história”, relembra Soares. O empresário diz que é teimoso, arrojado e tem convicção. “Quando vejo que uma ideia pode dar certo, eu sempre analiso e sigo em frente, até agora não errei, e as coisas deram certo”, comenta.

Empreendimentos Serno

A empresa já está no mercado há 19 anos e conta hoje com aproximadamente 390 funcionários. Possui uma frota de caminhões e está sempre atenta às novidades do mercado e novos investimentos. Entre os empreendimentos da Serno este ano estão Igara Park II e III, que já está 100% vendido. O Atlanta Residence que está em fase de conclusão e o Duque Residence que será concluído no ano que vem. Entre os lançamentos se destacam o Estância Park I que está localizado na Boqueirão, quase em frente ao Guajuviras. O Vida Bella que está planejado para o ano que vem e o Canoas HB, que será um empreendimento completo com comercial, residencial e lazer.

Para Soares, as ideias criativas partem do esforço de um coletivo de pessoas que pensam juntas. “A gente visualiza uma área, planeja e toca ficha. Daí vem a engenharia e nosso comercial atua”. Ele diz, ainda, que o sucesso da empresa vem da soma do trabalho de uma equipe qualificada e atenciosa com os clientes somada ao fato dele sempre ter acreditado em suas ideias e nunca ter desistido de seguir.