Emílio Neto fala de comissão que analisa denúncia sobre terceirizadas

A Sessão da Câmara de Vereadores da quinta-feira, 28, definiu os membros da comissão especial que irá analisar as denúncias apresentadas em reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, sobre empresas terceirizadas no Estado. Os trabalhos, focados nas denúncias relacionadas ao município, serão presididos pelo vereador Emílio Neto, líder da bancada do PT, enquanto a relatoria ficará com o vereador César Augusto (PRB).

“Achamos importante que a Câmara se manifestasse sobre essas questões. Não temos ainda fatos para montar uma CPI. Não há um fato definido para analisar. Por isso resolvemos criar a comissão especial, que é mais informal e nos permite buscar as informações necessárias”, explica Emílio Neto, à reportagem do jornal Timoneiro. Segundo ele, a comissão já recebeu o processo administrativo relacionado à demissão da ex-funcionária da Prefeitura, que aparece na reportagem. Emílio também afirma que os gestores do Banco de Oportunidades e as empresas citadas já foram procurados para que se manifestem. “Temos que ouvir todas as partes. Dar o direito que elas se manifestem. Para mim, com as imagens da reportagem, não fica claro que há ilícito. Há indícios, mas seria irresponsável da nossa parte já emitir opinião se houve ou não crime”, afirma o vereador.

CPI

O presidente da comissão afirma que, se após o processo que deve durar mais 20 dias, os vereadores tiverem uma base de provas ou indícios necessários, aí sim será proposta a abertura de uma CPI. “Se a reportagem tivesse mostrado alguma prova, alguma voz de agente público se corrompendo, já era suficiente. Mas não tem uma prova contundente. Mesmo assim, não podemos deixar de buscar subsídios. As informações estão tumultuadas. Nosso trabalho é organizar isso”, completa Emílio. A comissão divulgará um relatório, onde fará a sugestão dos próximos passos desse processo. Já serão indicados os caminhos a ser seguidos caso seja sugerida a CPI, que precisaria de sete assinaturas para ser instaurada.