Entrevista com o deputado Nelsinho Metalúrgico

De acordo com o deputado estadual Nelsinho Metalúrgico (PT), que concedeu entrevista ao jornal Timoneiro na última quarta-feira, 4, o atual momento de Canoas inspira muitas preocupações. O parlamentar criticou as ações da gestão municipal, apontando falhas em setores cruciais, como segurança, saúde e mobilidade. Nelsinho também fez um balanço sobre as atividades de seu mandato na Assembleia Legislativa e sobre o atual momento político do país.

Canoas

Uma das principais críticas por parte do deputado, com relação ao governo de Canoas, é com relação à interrupção da implementação do Aeromóvel: “Qual é a política proposta em substituição?”, questiona Nelsinho. Ele ainda aponta e compara a situação com o aumento no valor das passagens de ônibus na cidade de maneira “violenta e abusiva”. O parlamentar também cita outros problemas na cidade. Segundo ele, a limpeza pública só passa em cada rua de quatro em quatro meses: “Isso está deixando a desejar. É uma falha de gestão e de administração. Também faltam remédios nas farmácias do município”.

Saúde

Nelsinho também abordou a situação da Saúde Pública. Segundo ele, o Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG) deve ter mais atenção do governo: “ele não pode ser visto como um inimigo”. O deputado ainda questionou a estrutura de contratos de gestão terceirizada em Canoas. “Talvez fosse melhor se estivesse mais na mão do município, em vez de entregar nas mãos de empresas que vêm de fora. Não creio que a terceirização seja o caminho”, completa.

Segurança

Quando abordado sobre a Segurança Pública, Nelsinho critica tanto a Gestão Municipal como o governo do Estado, maior responsável por essa pasta. “O governo do Estado está jogando aquele projeto na lata do lixo. Assim, vai se transformar em um depósito de pessoas, como é o caso do presidido central”, relata o deputado. Ele ainda afirma que está acompanhando a situação para garantir que o projeto original da Pecan seja mantido. Nelsinho também comentou a recente aquisição de viaturas em Canoas: “Segurança Pública não é só botar viaturas para circular”, diz o político. Ele cobra a instalação do batalhão da BM exclusivo para policiamento no entorno da Pecan e pede mais atenção da Prefeitura na cobrança destas demandas ao Piratini.

Lula, STF e crise

Para Nelsinho, a decisão do STF, de 2016, sobre a prisão após condenação em segunda instância, foi “esdrúxula e anti-constitucional”.  O deputado afirma que há uma politização do judiciário na primeira e segunda instância, com o objetivo de bloquear uma futura candidatura de Lula à Presidência da República. Ele ainda reforça que não há provas contra Lula. Para o parlamentar, Lula é a grande liderança nacional do momento. “Ele representa mais da metade da população brasileira. Não há outro candidato, outro nome, que possa apaziguar e estabelecer uma maioria para dar tranquilidade ao país. Os que são contra isso estão apostando no caos, no quanto pior melhor, isso pode levar nosso país a uma crise sem precedentes”.

Pautas do mandato

O deputado conta que continua sua pauta em defesa dos Institutos Federais. “Temos grandes escolas no Estado, inclusive em Canoas. Elas não podem definhar por corte de recursos”. Ele também destaca a instauração de comissão para acompanhar o processo de vendas de imóveis do Estado: “Vamos fiscalizar e interferir na destinação desses imóveis”.