Futuro de HPS e UPAs não está definido

 

Segundo a Prefeitura de Canoas, ainda não há definição sobre a nova gestão do Hospital de Pronto Socorro (HPS) e das UPAs Rio Branco e Caçapava. A mudança de gestão ocorreu após o Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública (Gamp) entrar em acordo com a administração municipal e abrir mão do lote 1 do contrato, e está em andamento.

A Prefeitura está chamando os colocados seguintes na licitação realizada em 2016 para a gestão de unidades de saúde de Canoas. O processo está na fase de verificação de habilitação para a prestação do serviço, com análise de documentação.