Moradores da Hermes da Fonseca sofrem com tubulações rompidas

abertura (1)

Na Rua Hermes da Fonseca, no bairro Rio Branco, não é permitido o tráfego de caminhões, mas a determinação é descumprida diariamente. Com isso, são rompidos com certa frequência dutos da Corsan, o que provoca inundações em residências, o que causa graves prejuízos e transtornos aos moradores. A vizinhança reclama da falta de fiscalização, pois a placa que indica a proibição não é respeitada por muitos caminhoneiros.

A moradora Joelma da Luz do Prado, moradora da localidade há mais de 40 anos, teve a residência inundada recentemente. Ela conta que no pátio, além dela, mora também sua mãe, aos 80 anos de idade, e seu filho de apenas 6 anos.

“É a primeira vez que isso acontece na minha casa, mas com os vizinhos isso já ocorreu várias vezes. Eles contam que há cerca de 10 anos o problema ocorre. A Corsan se responsabilizou e diz que vai pagar o prejuízo, mas não adianta ela pagar e isso seguir acontecendo, o pior é o transtorno que isso geral. A gente sabe que o problema não é só em relação às tubulações serem antigas, já que existe uma placa que informa que é proibido o tráfego de caminhões por ali. O que falta é fiscalização para que isso não ocorra mais”, explica.

O que diz a Prefeitura

A Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade (SMTM), através da fiscalização de trânsito, tem destacado agentes para realizarem rondas na via com o objetivo de coibir o ingresso de caminhões na via.