Morre o comerciante Amadeu da Mota

Morreu, na última segunda-feira, 9 de julho, o conhecido comerciante canoense Amadeu da Mota. Ele tinha 79 anos e não resistiu a complicações cardíacas.

Amadeu foi proprietário de um dos pontos de encontro mais tradicionais do centro da cidade, o Café Imperial, onde lideranças políticas e sociais se reuniam. Após vender o estabelecimento, fundou o Bar do Amadeu, na esquina da Victor Barreto com a Fioravante Milanez.

O velório ocorre até as 15 horas no cemitério São Vicente.