Morre o Irmão Norberto Luiz Nesello, figura histórica da Educação de Canoas

O Irmão lassalista Norberto Luiz Nesello morreu no dia 3 de agosto. Amplamente reconhecido na comunidade canoense pelos serviços prestados, principalmente na área da Educação, o professor deixa um histórico de comprometimento com o desenvolvimento social na região. Norberto Luiz Nesello nasceu no município gaúcho de Marcelino Ramos em 28 de outubro de 1928. Passou a morar em Canoas em 1942. Era graduado em Língua Portuguesa, pós-graduado em Literatura e Mestrado em Teologia Sistemática. Lecionou durante 58 anos na Rede La Salle – Colégio La Salle Canoas e Centro Universitário La Salle, onde atuou até 2007.

A Prefeitura de Canoas decretou luto oficial por três dias, em virtude do falecimento do Irmão Norberto Nesello. A prefeita em exercício, Gisele Uequed (Rede), lamentou o falecimento e destacou a importância do Irmão para Canoas. “Irmão Norberto deixará mais do que saudade, deixará um exemplo ímpar de renúncia, dedicação e fraternidade! A cidade e seus cidadãos lhe devem muito do que têm de melhor”.

Homenageado em 2017

Em 2017, Nesello recebeu da Prefeitura de Canoas a Medalha Pinto Bandeira, honraria máxima concedida pelo município, que, na ocasião, reconheceu a contribuição do Irmão ao desenvolvimento da cidade. Com contribuição direta na formação de centenas de canoenses, a trajetória de Irmão Norberto Nesello se entrelaçou ao desenvolvimento de diferentes gerações da cidade.“Médicos, advogados, professores, empresários e diversos outros profissionais foram alunos do Irmão Norberto. Inclusive meus filhos e eu tivemos o privilégio de passar pelos seus ensinamentos, que sem dúvidas deixam um legado para a educação”, salientou o prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato (PTB), na entrega da honraria ao professor, no ano passado.

Exemplo

O reitor da Universidade La Salle, Prof. Dr. Paulo Fossatti, lembra-se do Irmão Norberto como um exemplo de educador que humanizava o ensino: “Ele humanizava pelo basquete, pelo ping pong, pela presença diária entre os alunos. Foi um exemplo de pessoa que compreendia e amava, não julgava as pessoas”, conta. O reitor ainda cita que muitas gerações foram educadas pelo Irmão Norberto: “Dentro da premissa de que os que ensinam os outros, um dia, como estrelas no céu brilharão. Eu tenho a certeza que o Irmão Norberto está lá iluminando a todos nós”, finaliza.

La Salle Canoas

“Ele participava da reflexão antes de começar as aulas, sempre com uma fala de um pensamento ou questão importante. As nossas reflexões não serão mais as mesmas”, lamenta a Diretora do Colégio, Maria Elisa Schuck Medeiros. Outra memória é a presença do Irmão no pátio da escola, convivendo com os alunos. Em 2017 ele foi homenageado na formatura do 3º ano do La Salle Canoas. “Ele gostava muito de conversar com os alunos. Às vezes, até com chuva, vinha até o pátio e sempre foi muito ovacionado pelos alunos”, conta Elisa.