Porta-vozes da Rede Sustentabilidade falam sobre o diretório municipal

Em março Julio Fontes e Marianne Calixto Bandeira assumiram como porta-vozes do diretório municipal da Rede Sustentabilidade.  Enquanto Marianne tem a Rede como eu primeiro partido e nunca tenha estado à frente de um diretório antes, Julio já havia sido porta-voz da legenda, mas em um momento em que ela ainda não estava constituída oficialmente como um partido. “Foi quando fizemos a busca de assinaturas para que pudéssemos fazer o registro. Na época, eu fui o primeiro porta-voz masculino em Canoas, enquanto a Rosângela Perroco foi a primeira porta-voz feminina”, explica Julio. Vale ressaltar que a Rede sempre tem um porta-voz masculino e um feminino, que substituem a figura de presidente em seus diretórios.

Os porta-vozes explicam que assumir um partido com a dimensão da Rede, que, embora seja uma legenda recente se comparada a outras, possui uma grande representatividade, é um grande desafio.  Além disso, eles relatam que, como Canoas é um município pioneiro na implantação de um diretório da Rede, existe uma grande responsabilidade de servir de exemplo para outras cidades onde os diretórios estão começando. “Somos bastante procurados pelos filiados de outras cidades, devido ao histórico do nosso diretório. Eles gostam bastante de termos muitas atividades e, por isso, temos que manter este trabalho cada vez mais forte. Não somos um partido que só aparece em ano eleitoral, somos bastante atuantes o tempo todo”, diz Marianne.

De acordo com os porta-vozes, além do forte trabalho que está sendo feito com os pré-candidatos locais, o apoio à pré-candidata à presidência da República, Marina Silva, também é uma das prioridades do seu trabalho.  Por fim, eles aproveitaram a entrevista para divulgar o Rede Aberta, uma iniciativa do diretório de manter suas portas abertas nas segundas-feiras, das 18 às 20 horas, para receber a comunidade. “Não são reuniões formais, é um espaço para a comunidade nos conhecer”, explica Marianne.