Prefeitura considera a criação de crematório municipal

Nos últimos meses, diversos canoenses têm entrado em contato com a redação de O Timoneiro reclamando da não existência de um crematório municipal na cidade. Muitos entendem que todas as pessoas deveriam ter esta opção sem precisar pagar o valor cobrado nos crematórios particulares. Além disso, outro argumento forte de quem pede esta opção como alternativa aos sepultamentos é o espaço finito dos atuais cemitérios públicos de Canoas. Hoje a cidade não conta nem mesmo com a opção particular.

Com base nas reclamações recebidas, a equipe de reportagem de O Timoneiro contatou a Prefeitura. Em resposta aos questionamentos, o secretário de Relações Institucionais, Airton Souza, informou que existem sim conversas internas sobre o assunto, embora ainda não exista um projeto em andamento.
“A ideia de criar um crematório municipal está nos planos dos trabalhadores que atuam nos cemitérios e da vigilância sanitária do município. No momento, porém, ainda não há um projeto local em andamento neste sentido.

A criação de um crematório municipal geraria menor impacto ambiental, pois se trata de um mecanismo que não produz necrochorume, gerando apenas as cinzas como resíduos. Também é uma das saídas para o problema de lotação dos cemitérios tradicionais”, disse Airton.

O secretário disse ainda que o grupo Cortel, que administra o Cemitério São Vicente, entrou com um pedido de viabilidade, impacto e licença ambiental na secretaria do Meio Ambiente para a instalação de um crematório. Neste momento, a empresa aguarda pela liberação de vistorias e documentação por parte da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam).

O órgão estadual tem a responsabilidade de tomar as devidas providências de liberação. De acordo com o grupo Cortel, este serviço oferecido pela empresa já é realizado em São Leopoldo e, em breve, em Cachoeirinha. Em Canoas, o grupo calcula que o número de cremações seja de 25 ao mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>