Presidente do Simca parabeniza categoria por luta e resistência

22854705_1324297711029163_372241825_n
Simone Dutra
gomesdutra@hotmail.com

No dia 28 de outubro comemora-se o Dia do Servidor Público, e a equipe do jornal O Timoneiro conversou com Teresinha Antiqueviezc, presidente do Sindicato dos Municipários de Canoas (Simca) a respeito do tema.
Ao falar cobre a data, ela conta que não vê motivos para que se tirem os direitos dos funcionários, e não vê como positiva a mudança em relação aos subsídios de rancho para os funcionários públicos municipais, que pode afetar principalmente os aposentados. Ela afirma que nos últimos anos foram retirados mais direitos conquistados dos trabalhadores municipais, com a alteração nas Licenças Prêmio, dos Planos de Carreira – Lei 5777/89, conquistas que levaram quase 30 anos para virarem realidade.

A presidente do Simca afirma ainda que a forma como está sendo feita a reposição salarial referente à inflação não é a ideal. “O pagamento deve ser feito sempre em janeiro, mas após um acordo, neste ano nós recebemos 1,28% dos devidos valores e o reajuste no mês de maio”, explicou Teresinha.
Segundo a presidente do Simca, ainda no governo anterior, o sindicato foi flexível quanto à alteração na data do pagamento de salário, que antes era no último dia do mês e passou a ser no 5º dia útil, medida tomada em vista de possíveis parcelamentos.

Teresinha lamenta o que chama de retrocesso no funcionalismo público e destaca a importância dos servidores em todos os setores. “O servidor é sofrido e quem não sabe de sua realidade, fala que ele não trabalha. Mas, basta olhar seu contracheque e ver o quanto ele contribuiu com a cidade, apesar dos repetidos argumentos de que estamos em crise, para entender o seu valor”, finaliza.