Secretário de Cultura explica como funciona o apoio à Oktoberfest

O secretário de Cultura e Turismo de Canoas, Mauri Grando, entrou em contato com a redação de O Timoneiro para esclarecer que a Oktoberfest não é realizada com recursos financeiros da Prefeitura e também para explicar como se dá o apoio do município a este e outros eventos.

“Destaco a importância desse evento e de outros atrativos que partem da iniciativa privada, fomentando o turismo, comércio, cultura. No entanto, é importante deixar claro que não há aporte financeiro da Prefeitura”, explica o secretário.

De acordo com Mauri, foi feita a cedência do espaço municipal, através de uma contrapartida e uma delas é o ingresso solidário, que faz parte do contrato. Ainda segundo o secretário, a produtora arca com todo o evento, assim como os shows. A participação de artistas locais também foi parte do acordo. A alimentação para o efetivo de segurança, assim como a contratação de empresas de limpeza para o evento, ficam sob a responsabilidade da produtora.

“Este evento fomenta a economia local. Há previsão de criação de postos de trabalho diretos e indiretos durante a festa, o que gera receita para o município. Serão 100 mil pessoas movimentando a economia, enquanto têm acesso a grandes artistas de fora ao lado de nomes de peso da música local. Estamos dando o apoio institucional, assim como as secretarias de Segurança e Saúde. No dia 2 de dezembro haverá a segunda edição do Canoas Beer festival, que também é apoiado da mesma forma, já está certo, só estamos formalizando”, conclui.