Sogal pede reajuste na passagem de ônibus para R$ 4,46

O transporte coletivo da cidade pode ficar mais caro. A Sogal, concessionária que opera o sistema de transporte coletivo da cidade, pediu reajuste da tarifa praticada em Canoas para R$ 4,46. A Prefeitura afirma que está analisando a situação e destaca que a Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade de Canoas está realizando os seus próprios cálculos. Após concluída essa análise, a Prefeitura passará o seu parecer sobre o reajuste da tarifa para o Conselho Municipal de Transporte. A expectativa da Prefeitura é que haja uma definição até o final de março.

Frota

A Prefeitura de Canoas notificou a Sogal, em 2017, para que renovasse a frota de ônibus. A empresa se comprometeu com a oferta de 33 novos ônibus. Em julho de 2017 foram entregues 16 veículos zero quilômetro. Agora, a frota recebe 17 ônibus seminovos, vindos do Rio de Janeiro, alguns com menos de 40 mil quilômetros rodados, utilizados somente no sistema BRT (Bus Rapid Transit) carioca.

Veículos

Os novos veículos são equipados com internet Wi-Fi e têm acessibilidade. Os ônibus seminovos possuem motor EURO 5, que diminui a emissão de poluentes, localizado na parte traseira do veículo, dando mais conforto ao passageiro e emitindo menos ruído. A suspensão pneumática também proporciona conforto aos usuários.

De acordo com a Prefeitura, com estes novos ônibus, foi possível retirar 20 veículos de circulação, que já estavam com muito tempo de uso. Mesmo assim, houve aumento de 9,42% na frota de Canoas. Atualmente, são 138 ônibus, sendo que 35% deles têm ar-condicionado e 75% têm acessibilidade universal.

Reclamações

Em fevereiro de 2018, a reportagem do jornal Timoneiro conversou com os usuários sobre a situação da frota de ônibus e qualidade do serviço disponibilizado na cidade. Para Tatiane Machado, 26 anos, o valor da passagem praticado, de R$ 3,75, era muito alto. Ela também cobrou mais circulação de ônibus, já que, no momento em que conversava com a reportagem, fazia mais de meia hora que estava esperando. Sidnei Pozzera, 53 anos, acha que o transporte de Canoas é regular: “Os ônibus novos são ótimos. Tudo funciona bem e, para andar nele, o preço da passagem está de acordo”. Mesmo assim, ele cobra que toda a frota seja renovada: “O que falta é trocar toda a frota para este modelo, senão não adianta”.