Solenidade dá início à Semana da Pátria em Canoas

A Semana da Pátria foi oficialmente aberta em Canoas, no sábado, 1° de setembro, no saguão da Prefeitura Municipal. A solenidade, que deu início às comemorações, teve chegada do Fogo Simbólico à Prefeitura de Canoas. O prefeito Luiz Carlos Busato  recebeu a chama de um oficial da Ala 3 da Força Aérea. A chama permanecerá acesa até a sexta-feira, 7, e será guardada diariamente das 8h às 18h, simbolizando o cultivo do civismo por sete dias.

Neste ano, os 50 anos do projeto Rondon é o homenageado em nível nacional; já o Centenário do Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande do Sul é o condecorado do estado. Em Canoas, a homenagem é feita para o Programa Gerações, uma iniciativa inédita no país que tem o objetivo de reinventar as formas de envelhecer e trazer mudanças na realidade dos participantes. O programa promove a qualidade de vida, inclusão social, geração de renda e a reinserção de idosos no mercado de trabalho por meio de capacitações. O programa prevê aulas com duração de um semestre, que estão divididas entre teoria e prática. A pira, que ficará na Prefeitura de Canoas, foi acesa pela aluna do Gerações, Fredolina Silva Guimarães, de 93 anos.

Durante o ato que marcou o início das comemorações da semana da Pátria, o prefeito Busato destacou que o Gerações é uma forma de inclusão dos idosos à sociedade. “O programa existe para colocar os vovôs e vovós que, muitas vezes, ficavam em casa se queixando de dor, sem ter aquilo que fazer, dentro da realidade social, no mercado de trabalho. É um forma de eliminar a exclusão que existe com as pessoas acima dos 60 anos”, disse. Já o representante da primeira turma do Programa Gerações, José Ribeiro, agradeceu à Prefeitura de Canoas pela iniciativa. “Nós estamos nos sentindo respeitados e valorizados por esta administração. Muito obrigado, senhor prefeito”, concluiu.