Unilasalle recebe Tabajara Ruas no dia 21 de novembro

abertura unilasalle

O Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Bens Culturais da Universidade La Salle, em parceria com o Museu da Comunicação Hipólito José da Costa, promove um cinefórum com o filme Netto e o Domador de Cavalos, dirigido por Tabajara Ruas, em 2008.
O filme apresenta uma releitura da lenda do Negrinho do Pastoreio, ambientando-a durante a Guerra dos Farrapos, junto às ações do General Antonio de Souza Netto.

O filme será exibido no Auditório Ir. Arsênio Both (Auditório Azul), que fica no 5º andar do prédio 01 da Universidade La Salle. Será no dia 21 de novembro, a partir das 18 horas, com a presença do diretor, Tabajara Ruas e do diretor de fotografia, Ivo Czamanski. A entrada é gratuita.

Tabajara Ruas

Gaúcho, 57 anos, nascido em Uruguaiana no dia 11 de agosto de 1942, Tabajara Ruas é considerado um dos dez maiores romancistas da literatura sul-riograndense. Apesar de ser formado em arquitetura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Tabajara trabalha como publicitário, além de ser escritor e de estar ligado à produção cinematográfica desde 1978, tendo exercido nessa área várias funções, desde a de roteirista até a de diretor. Em 1966, o jovem universitário Ruas, recém-chegado à capital, engajou-se em movimentos políticos que lutavam contra a ditadura. Este envolvimento fez com que Tabajara deixasse o país, para que não terminasse preso como muitos de seus amigos. Assim começou a peregrinação de Ruas pelo mundo.

Entre 1971 e 1981, morou no Uruguai, Chile, Argentina, Dinamarca (onde estudou cinema e arquitetura), São Tomé, Príncipe e Portugal. Durante o exílio, Tabajara Ruas escreveu A região submersa, seu romance de estréia, que foi publicado primeiramente na Dinamarca e em Portugal. Somente em março de 2000, o livro chegou ao Brasil, através da Coleção Negra — dedicada aos romances noir e policiais. No exterior, Tabajara também publicou os romances Perseguição e cerco a Juvêncio Gutierrez (Colômbia e Uruguai), Netto perde sua alma, O fascínio, A cabeça de Gumercindo Saraiva (Uruguai), El cerco (Uruguai) e Fronteira (Chile).